Anúncios
News Ticker

Eduardo Rodrigues | EVP de Criação da E/OU-MRM | Delegado no Cannes Lions 2015

O QUE CANNES VEM DIZENDO PARA NÓS NESSES ÚLTIMOS ANOS

By Eduardo Rodrigues, EVP de Criação da agência E/OU-MRM


1 – Se você quiser quebrar sua agência (ou leia-se “sua carreira”), imediatamente, continue fazendo suas malinhas diretas, seus filminhos ou “printezinhos” e, a partir deles, derive um ou outro e-mail e uns posts para as mídias sociais e chame-os de ações integradas ou, pior, de campanhas 360 graus.

2 – Se você quiser afundar sua agência, mas não tem pressa, crie ações onde a experiência do cliente seja o centro da estratégia, combinando comunicações aderentes e relevantes para cada ponto de contato.

3 – Se você quiser se manter no mercado por uns próximos poucos anos, faça tudo o que foi descrito no item 2, porém de maneira ultrapersonalizada e em tempo real: entrega das comunicações, mensuração e redirecionamento de estratégias de envios e contatos. Você vai perceber que para isso vai precisar, minimamente, saber o que fazer com os dados que as empresas que os manipulam entregam para você.

4 – Se você quiser durar mais, faça tudo o que foi descrito no item 3, porém seja o gestor dos dados. Tenha capacidade interna de extrair deles o melhor que podem lhe proporcionar. Inclua tecnologia em todos os processos da sua empresa. Você vai perceber que ter controle maior sobre a cadeia tecnológica/criativa lhe dará uma grande vantagem competitiva.

5 – Para se manter por mais tempo ainda no jogo, invista em mobile e em gaming. Se você não começou, está atrasadíssimo. O crescimento da demanda por aplicativos e todas as possibilidades que o mobile/games lhe oferece ainda tende a crescer nos próximos anos.

6 – Para se manter firme e forte num futuro que está logo aí, invista tempo e dinheiro em “internet of things”. Goste ou não goste; não vai dar para escapar. Muitos clientes já estão demandando soluções nesse sentido.

7 – Para ir além, fique atento, agora, ao que está acontecendo com os wereables. De outra forma eles vão te atropelar. Quando você se der conta eles terão invadido nossas vidas de maneira inevitável e irreversível.

8 – Finalmente, se você quer ser uma empresa do futuro, o assunto é robótica avançada. Mas isso é uma conversa para mais tarde… Ou não? Pergunte para o pessoal da Dentsu do Japão!

Agora, se você acha tudo isso um saco… Se você se cansa só de pensar em toda essa tecnologia e se você ainda é jovem, existe sempre a oportunidade de mudar de profissão. E se você já é veterano… É sempre tempo de montar aquela pousada no Nordeste. Porque, como diria o “Rei”: – Daqui pra frente tudo vai ser diferente.

Sobre a E/OU-MRM

A E/OU-MRM é uma agência de CRM (Customer Relationship Management) e Digital que trabalha a experiência do consumidor com as marcas, buscando trazer relevância e criar valor para ambas as partes ao longo de todas as etapas desse relacionamento. Sem se prender a formatos, meios ou ferramentas, a atuação da agência está pautada em quatro grandes pilares: Estratégia, Criatividade, CRM/Data e Performance.

Criada em 2003 – como e|ou – pelos sócios Eduardo Rodrigues (EVP e CCO), Fábio Souza (EVP Business e COO) e Eduardo Soutello (EVP Strategic Planning and CRM), em 2013 uniu-se à rede de agências MRM//McCann como parte do McCann Worldgroup, unidade do Interpublic Group (NYSE:IPG). Para mais informações, visite http://www.eou-mrm.com.br.

Artigo encaminhado por Leonardo Costas, Jornalista da E/OU-MRM

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: