Anúncios
News Ticker

Grandes Vencedores de 2015

CANNES SUPERA TODOS OS LIMITES – BY RAFAEL SAMPAIO

Ogilvy, com 6 Leões de Ouro, 5 de Prata e 5 de Bronze (82 pontos), foi, entre as brasileiras, a mais premiada em 2015

Apesar de ser esperada, a liderança norte-americana com folga superou qualquer previsão, pois foram 2,3 vezes mais pontos que o Reino Unido, segundo colocado no ranking de países premiados no Cannes Lions 2015 (incluindo os dois festivais adicionais, Health e Innovation).

O Cannes Lions, que está em seu 62° ano e os brasileiros chamam simplesmente de Cannes, está mais e mais com cara de festival do gênero happening. Adicionalmente ao evento central, o próprio Cannes Lions, que durou uma semana, aconteceu o Lions Health, dois dias antes, e o Lions Innovation, também de dois dias, que rolou em paralelo durante a semana.

Além de todas as salas de conferências e exibições do tradicional Palais des Festivals serem integralmente tomadas, foi utilizado um pavilhão anexo e o festival avançou pela promenade ao longo da praia, com estandes de diversos patrocinadores e expositores.

No total, estiveram em Cannes 13.500 delegados para tentar ouvir pelo menos parte dos mais de 500 palestrantes e debatedores e assistir ou ver alguma coisa dos mais de 40.000 concorrentes. Os bem jovens participaram de 7 competições de Young Lions e foram, como sempre, os mais ávidos para assistir a 6 cerimônias de premiação ou entrar nas 4 festas realizadas. Haja fôlego!

Das 17 áreas do Cannes Lions, uma delas, Innovation, foi transferida para o festival com esse foco, onde foi criada mais uma, Creative Data. No lugar de Innovatiom, no Cannes Lions, foi aberta a de Glass Lions. E em Lions Health, há duas áreas de premiação. No total, portanto, são 21 áreas para agências de todo o mundo disputarem seus Leões.

Os Estados Unidos lideraram em todas as 17 áreas do Cannes Lions, com exceção de Film Craft (liderado pelo Reino Unido), Glass (Índia), Outdoor (Brasil) e Radio (África do Sul). No Lions Health, o Brasil liderou em Health & Wellness e o Estados Unidos, em Pharma. No Lions Innovation, as duas áreas foram lideradas pelos americanos.

No Cannes Lions, os Estados Unidos ficaram com o Grand Prix em 7 áreas (Cyber, Direct, Mobile, Outdoor, PR e Press, além dos dois GPs em Titanium & Integrated). A Suécia ficou com o GP de Creative Effectiveness; o Reino Unido ganhou em Design, Film Craft e Promo Lions; a Turquia venceu em Media; a Alemanha, em Radio; a Índia, em Glass; e o Dubai, em Product Design. Não foi concedido GP em Branded Content e no, caso de Film, um GP foi do Brasil e outro do Estados Unidos.

No Health Lions, o México ficou com o GP em Health & Wellness e o Estados Unidos, em Pharma. Em Innovation, o Reino Unido liderou em Innovation e não houve GP em Creative Data.

Prêmios especiais

Como de costume, foram diversos os prêmios especiais concedidos durante o festival. Alguns até já estavam definidos previamente.

Creative Marketer of the Year: Heineken.

Media Person of the Year: SY Lau, VP executivo da Tencent e presidente do Online Media Group (OMG).

Lion of St. Mark: Robert Greenberg, fundador, chairman e CEO da R/GA.

LionHeart Award (concedido pela segunda vez): Al Gore

Outros dependiam da performance de trabalhos concorrentes, bem como de agências e produtoras no decorrer do festival e foram anunciados ao final.

Grand Prix for Good – Lions Health: “This girl can”, da FCB Inferno London para Sport England.

Grand Prix for Good – Cannes Lions: “Ice Bucket Challenge”, para The ALS Association, Washington.

The Palme d’Or, para a melhor produtora: Smuggler USA; com Blink UK em segunda e Somesuch UK na terceira posição.

O título de Agency of the Year ficou com a R/GA New York. No ranking, Grey New York despontou em segunda e Ogilvy Brasil na terceira posição.

A Independent Agency of the Year foi a Droga5 New York; com Wieden+Kennedy Portland em segunda e Wieden+Kennedy London em terceira posição.

O destaque The Network of the Year foi conquistado pela Ogilvy & Mather; com BBDO Worldwide em segunda e Grey em terceira posição.

Holding Company of the Year: WPP, com Omnicom em segunda e Publicis Groupe em terceira posição.

Estados Unidos lideram ranking de premiados com 2,3 vezes mais pontos que segundo colocado, o Reino Unido

Apesar de ser esperada, a liderança norte-americana com folga superou qualquer previsão, pois foram 2,3 vezes mais pontos que o Reino Unido, segundo colocado no ranking de países premiados no Cannes Lions 2015 (incluindo os dois festivais adicionais, Health e Innovation).

No ano passado, quando essa dobradinha também aconteceu, a diferença americana era de apenas 2 vezes: de 1.351 pontos sobre 658. Neste ano, foi de 1.988 contra 856.

Os 15 países mais premiados em 2015, considerando Leões e Finalistas (remanescentes, após a concessão dos prêmios), foram como segue:

1 – Estados Unidos: 10 Grand Prix, 1 Leão de Titanium, 2 Innovation Lions, 61 Leões de Ouro, 100 de Prata, 123 de Bronze e 568 Finalistas – 1.988 pontos
2 – Reino Unido: 4 Grand Prix, 24 Leões de Ouro, 44 de Prata, 63 de Bronze e 239 Finalistas – 856 pontos
3 – Brasil: 1 Grand Prix, 18 Leões de Ouro, 35 de Prata, 54 de Bronze e 228 Finalistas – 701 pontos
4 – França: 19 Leões de Ouro, 22 de Prata, 35 de Bronze e 147 Finalistas – 495 pontos
5 – Alemanha: 1 Grand Prix, 10 Leões de Ouro, 19 de Prata, 38 de Bronze e 174 Finalistas – 453 pontos
6 – Espanha: 10 Leões de Ouro, 14 de Prata, 23 de Bronze e 66 Finalistas – 275 pontos
7 – Canadá: 1 Leão de Titanium, 9 Leões de Ouro, 14 de Prata, 14 de Bronze e 71 Finalistas – 256 pontos
8 – Japão: 8 Leões de Ouro, 12 de Prata, 19 de Bronze e 51 Finalistas – 224 pontos
9 – Austrália: 1 Leão de Titanium, 2 Innovation Lions, 8 Leões de Ouro, 10 de Prata, 28 de Bronze e 104 Finalistas – 214 pontos
10 – México: 1 Grand Prix, 2 Leões de Ouro, 8 de Prata, 16 de Bronze e 48 Finalistas – 160 pontos
11 – Argentina: 2 Leões de Titanium, 6 de Ouro, 7 de Prata, 12 de Bronze e 22 Finalistas – 155 pontos
12 – Suécia: 1 Grand Prix, 2 Leões de Ouro, 5 de Prata, 16 de Bronze e 38 Finalistas – 135 pontos
13 – Colômbia: 4 Leões de Ouro, 11 de Prata, 9 de Bronze e 19 Finalistas – 129 pontos
14 – África do Sul: 3 Leões de Ouro, 2 de Prata, 11 de Bronze e 58 Finalistas – 122 pontos
15 – Nova Zelândia: 2 Leões de Ouro, 6 de Prata, 11 de Bronze e 42 Finalistas – 117 pontos

Em relação a 2014, da 1ª a 4ª posição os países mantiveram-se os mesmos, mas a diferença dos Estados Unidos aumentou muito, como já apontado. A Alemanha ocupou o lugar (5º) que era da Austrália, que caiu para 9º. A Espanha subiu duas posições e o México, cinco. O Japão desceu uma posição, assim como Argentina, África do Sul e Nova Zelândia. A Suécia, desceu três.

O Canadá entrou na lista dos 15 países mais premiados em 7ª posição e a Colômbia, que também entrou, em 13ª. Deixaram a lista dos países mais premiados, Índia, Holanda e Emirados Árabes.

Excelente performance brasileira

Se não foi o melhor ano do Brasil em Cannes, 2015 um dos mais interessantes em termos de performance e será marcado para sempre pela conquista do primeiro GP de Film, o mais cobiçado de todos e sonho dourado de três gerações de publicitários que desfilaram por décadas pela Croisette.

No total, o Brasil ganhou 108 Leões, sendo 1 Grand Prix, 18 Leões de Ouro, 35 de Prata e 54 de Bronze.

As agências brasileiras que foram premiadas com Leões este ano estão ranqueadas como segue:

Ogilvy, com 6 Leões de Ouro, 5 de Prata e 5 de Bronze (82 pontos)
F/Nazca S&S, com 1 Grand Prix, 3 de Ouro, 5 de Prata e 5 de Bronze (71 pontos)
FCB, com 3 Leões de Ouro, 4 de Prata e 4 de Bronze (53 pontos)
AlmapBBDO, com 2 Leões de Ouro, 3 de Prata e 8 de Bronze (53 pontos)
Africa, com 5 Leões de Prata e 8 de Bronze (49 pontos)
Y&R, com 3 Leões de Prata e 3 de Bronze (24 pontos)
Lew Lara\TBWA, com 1 Leão de Ouro, 1 de Prata e 3 de Bronze (21 pontos)
Mood\TBWA, com 1 Leão de Ouro, 1 de Prata e 1 de Bronze (15 pontos)
Leo Burnett Tailor Made, com 1 Leão de Prata e 3 de Bronze (14 pontos)
JWT, com 1 Leão de Ouro e 2 de Bronze (13 pontos)
DM9DDB, com 2 Leões de Prata e 1 de Bronze (13 pontos)
Publicis, com 1 Leão de Prata e 2 de Bronze (11 pontos)
Fbiz, com 1 Leão de Prata e 1 de Bronze (8 pontos)
Wunderman, com 1 Leão de Prata e 1 de Bronze (8 pontos)
Neogama/BBH, com 1 Leão de Ouro (7 pontos)
Revolution, com 2 Leões de Bronze (6 pontos)
Grey, com 1 Leão de Prata (5 pontos)
Lobo/Vetor Zero, com 1 Leão de Prata (5 pontos)
Loducca, com 1 Leão de Bronze (3 pontos)
Mullen Lowe, com 1 Leão de Bronze (3 pontos)
NBS, com 1 Leão de Bronze (3 pontos)
Talent, com 1 Leão de Bronze (3 pontos)
We, com 1 Leão de Bronze (3 pontos)

Os 5 trabalhos brasileiros mais premiados (considerando os Leões conquistados) foram:

Em primeiro lugar, a campanha dos 100 anos da Leica, da F/Nazca S&S e Stink para Galeria Leica, com 68 pontos. Ganhou 1 Grand Prix em Film; 2 Leões de Ouro e 3 de Prata em Film Craft; 1 de Ouro em Direct; 2 de Prata e 1 de Bronze em Design; e 1 de Bronze em Outdoor.

Em segundo, “Nivea doll”, da FCB para Nivea Kids, com 38 pontos. Ganhou 1 Leão de Ouro e 1 de Prata em Wellness; 1 de Ouro, 1 de Prata e 1 de Bronze em Promo; 1 de Prata em Outdoor; e 2 de Bronze em Direct.

Em terceiro lugar, empatados, “Bald cartoons”, da Ogilvy para GRAACC; e “Security moms”, da Ogilvy para o Esporte Clube Recife, ambos com 27 pontos. “Bald Cartoons” ganhou 2 Leões de Ouro, 1 de Prata e 1 de Bronze em Wellness; e 1 de Prata em Creative Effectiveness. “Security moms” conquistou 2 Leões de Ouro em Promo; 1 de Ouro em Outdoor; 1 de Bronze em Media; e 1 de Bronze em PR.

Em quarto, também empatados, “Meeting Murilo”, da Mood\TBWA para fraldas Huggies, da Kimberly-Clark; e “Print for help”, da FCB para Hewlett-Packard, ambos com 15 pontos. “Meeting Murilo” ganhou 1 Leão de Ouro e 1 de Prata em Wellness; e 1 de Bronze em Creative Data. “Print for help” conquistou 1 Leão de Ouro em Cyber; e 1 de Prata e 1 de Bronze em Promo.

Em quinto lugar, “Ticket books”, da Africa para L&PM Pocket Books, com 13 pontos. Ganhou 1 Leão de Prata em Media; 1 de Prata em Outdoor; e 1 de Bronze em Design.

Uma análise completa e os principais detalhes do Cannes Lions deste ano estará na edição especial de About que circulará em agosto próximo.

About Magazine contou com o patrocínio da Rede Globo de Televisão na cobertura do Cannes Lions 2015.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: