Contra golpes e fraudes, Itaú Unibanco veicula campanha criada pela DPZ&T

As medidas de distanciamento social necessárias para conter a pandemia do novo coronavírus levaram a um aumento das transações digitais – e, consequentemente, a um crescimento no número de tentativas de fraudes e golpes em todo o mercado brasileiro. Para alertar as pessoas em um momento em que os fraudadores se aproveitam de sua vulnerabilidade, o Itaú Unibanco veicula uma nova campanha para abordar de forma mais direta e clara os perigos existentes. Idealizada pela DPZ&T, a estratégia de comunicação adota uma linguagem objetiva para amplificar a conscientização e a importância da segurança bancária, assim como a prevenção contra fraudes.

Para abordar o tipo de comportamento que as pessoas devem assumir em diferentes cenários, as peças da campanha trazem mensagens breves e dispostas em imagens divididas entre “Nunca” e “Sempre”. A ideia é evitar dar margem a interpretações, deixando claro o que nunca se deve fazer e o que sempre precisa ser feito para ajudar os clientes a reconhecerem momentos em que estejam sendo vítimas. Além da dicotomia do “Nunca x Sempre”, as cores das peças compõem a abordagem minimalista, em branco e laranja.

A campanha da DPZ&T uni-se a esse movimento em uma frente mais ampla, com uma mudança de linguagem que visa fixar a mensagem e auxiliar os clientes a discernirem as informações e se protegerem.

Levando em conta que grande parte das fraudes não passam por técnicas de hacking ou cracking, mas por meio de manipulação psicológica ou mesmo presencial dos criminosos em relação às vítimas, a campanha alerta para os exemplos mais comuns: visitas de portadores para retirada de cartão, pessoas que entram em contato se passando por gerente de conta, pedidos de senha, códigos de segurança e dados pessoais durante ligações ou em troca de mensagens e também a troca do cartão, dentro ou fora da agência.

“Sempre tivemos um foco grande em levar informações aos nossos clientes, processo que precisa ser contínuo porque sempre surgem novos tipos de abordagens fraudulentas. Trata-se de um cenário em constante mudança e isso aconteceu de forma mais acentuada com o isolamento social: o setor bancário sofreu aumento de 44% nas tentativas de phishing durante a quarentena, em comparação ao período imediatamente anterior”, explica Richard Bento, superintendente de segurança corporativa do Itaú Unibanco. “Por isso, somente durante este período realizamos mais de 100 ações de conscientização para ajudar clientes a se precaverem. Essas ações incluem envios de SMS com alertas, desenvolvimento de peças para redes sociais, vídeos com orientações e entrevistas de nossos especialistas de cibersegurança para a imprensa. Agora demos mais um passo com esta campanha, reforçando as nossas mensagens de forma ainda mais assertiva”, completa o executivo.

No ambiente digital – incluindo redes sociais – a campanha aborda o phishing e os golpes do falso motoboy e do cartão não presente, que acontece com compras não reconhecidas no cartão de crédito. Além das modalidades anteriores, também serão abordados o golpe falso funcionário, o golpe do extravio de cartão e o golpe da troca de cartão na comunicação dirigida, canais digitais e canais proprietários do banco.

Para entender como se precaver e como cada golpe acontece, o Itaú disponibiliza todas as informações no site: http://www.itau.com.br/seguranca/

Ficha técnica

Direção Geral de Criação: Rafael Urenha
Direção de Criação Executiva: Laura Esteves e Rafael Ziggy
Direção de Criação: Silvio Amorim
Criação: Vitor Quinet, Marcel Macedo e Bruna Barioni
Atendimento: Manuela Codas, Anelise Reis, Mateus Carvalho e Laura Matos
Aprovação pelo cliente: Eduardo Tracanella, Juliana Cury, Felipe Nogueira, Brunna Sá, Carolina Gala e Caroline Sibille
Planejamento: Fernando Diniz, Kiko Steinhoff, Marcio Rodrigues, Mariana Crepaldi, Luana Sanches e Rafael Marquez
Mídia: Sofia Raucci, Tatiana Murakami, Arthur Martins e Brenda Califano
BI: Marcelo Azevedo, Eduardo Barreto e Gabrielle Paulino

Fonte: Patrícia Capuchinho, Otávio Almeida, Luíza Karam e Autins O. Christopher, Comunicação Corporativa DPZ&T | (GC)

Follow About Magazine on WordPress.com

Donation

Media support

For the good journalism

R$5,00

Sobre gcentenaro (780 artigos)
About Magazine's Publisher
%d blogueiros gostam disto: