Projeto Nenê do Zap espanta males das fakes news com rimas dos rappers Nego Bala, Kimani e Luz Ribeiro

Em meio a pandemia, projeto Nenê do Zap reúne rappers em rimas contra fake news sobre o coronavírus

Segundo dados de levantamento feito pela Fiocruz e divulgado em abril passado, 73,7% das fake news relacionadas ao coronavírus circularam no WhatsApp. Focado nesse dado, o Nenê do Zap, projeto da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal que visa sensibilizar sobre importância da interação no desenvolvimento de nenês e crianças de 0 a 6 anos, criou um conteúdo especial em resposta à onda de desinformação que passa no aplicativo de mensagem.

Em “Rimas contra fake news”, o Nenê do Zap traz os rappers Nego Bala, Kimani e Luz Ribeiro em um feat de informações sobre o coronavírus por meio de rimas. Os conteúdos, originalmente enviados pelo Whatsapp de usuários cadastrados, estão disponíveis nas redes sociais do personagem. Os artistas cederam suas vozes sem cachê. 

“Nosso desafio à agência foi de como poderíamos trazer, dentro desse contexto de pandemia e abordando esse tema tão urgente, um conteúdo criativo e com fácil engajamento. Muitos pais e cuidadores não conseguem avaliar a veracidade dos conteúdos que chegam a eles, então nosso objetivo foi levar informação segura para as famílias que estão com crianças em casa e, muitas vezes, sem saber como agir em meio à tanta desinformação”, destaca Paula Perim, diretora de comunicação da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, em comunicado à imprensa. 

De acordo com dados do Digital News Report (Reuters Institute), 77% das pessoas que possuem acesso a internet recebem notícias por meio do aplicativo, o que reforça a relevância da iniciativa. Desde a chegada do coronavírus ao Brasil, oNenê do Zap tem sido um aliado das famílias com dicas sobre como enfrentar a quarentena com nenês e crianças em casa, além de apoio para que pais e mães cuidem não só da nenezada, mas também de si.

O projeto conta com criação da Soko e produção da Cubocc, ambas agências do Grupo Flagcx.

nene

Como nasceu o Nenê do Zap

A Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal é referência nas iniciativas de promoção dos direitos das crianças na primeira infância, com ações reconhecidas por educadores, pelo setor público e outras instituições que atuam na área. Mas faltava encontrar uma forma de falar diretamente com pais e cuidadores sobre a importância de se comunicar com crianças nos primeiros anos de vida. O foco eram as classes C, D e E, que têm acesso mais restrito a informações sobre esse tema.

O projeto tem como objetivo reforçar a importância da conversa e da interação para o desenvolvimento das crianças na primeira infância. Lançado no início de março, o projeto tem como personagem o esperto e bem-humorado Nenê do Zap, que envia gratuitamente conteúdos como vídeos, áudios e textos para sensibilizar sobre importância da interação no desenvolvimento de nenês e crianças. Desde maio, o projeto passou a contar também com o apoio da Organização das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) que enxerga na iniciativa uma forma de suporte às famílias não só em tempos de coronavírus.

Ficha técnica:
Cliente: Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal
Projeto: Nenê do Zap em Rimas contra Fake News
Fundador e Head de Creative Data Soko: Felipe Simi
Diretor Executivo de Criação: Rafael Caldeira
Líder de Creative Data: Gabriela Rodrigues
Diretor de Arte: Lucas Ramos (Luvas) e Victor Emeka
Redator: Doug Peroni
Dark Social: Kaerre Neto
Account Director: Daniel Mason
Broadcast Leader: Fabiane Abel
Broadcaster: Barbara Naliato e Juliana Alencar
Projetos Cubboc: Marília Pereira
Edição Cubboc: Matheus Pinheiro
Produtora de Som: Fuzzr

Fonte: Barabara Naliato, broadcaster Soko | (GC)

 

Follow About Magazine on WordPress.com

Donation

Media support

For the good journalism

R$5,00

Sobre gcentenaro (780 artigos)
About Magazine's Publisher
%d blogueiros gostam disto: