Não deixe sua conta no banco morrer, não deixe seu dinheiro acabar… Carnaval é pra dançar?

Quem não vai para a avenida, não cai nos bailes, nem quer ficar em casa assistindo do próprio camarote, pela TV, a galera ostentando as fantasias (ou nudez), normalmente se joga na estrada para curtir campo ou praia, e há ainda aquela corridinha de uma semana para New York, Paris, Londres, Lisboa, Cracóvia… Carnaval no Brasil serve a todos os gostos, e bolsos. Segundo pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e Serviço de Proteção ao Crédito, esta festa popular é uma das mais lucrativas do mundo. Em 2019, por exemplo, gerou uma receita de R$ 6,78 bilhões em todo o País. Todavia, também é um dos fatores de maior influência do aumento da inadimplência dos cidadãos ao longo do ano, motivo pelo qual um alerta para repensar melhor as despesas com a folia vai bem nesse enredo festivo.

As previsões do estudo da plataforma ShopFully apontam que 63% dos brasileiros devem gastar, em 2020, até R$ 500 nos quatro dias de folia, sendo que muitos entre eles, para dar conta do babado, vão recorrer a empréstimos 100% online para pessoas físicas. A fintech Simplic, já contando com mais de 4 milhões de clientes cadastrados e cerca de 6 mil solicitações de emprésimos por dia no Brasil, é uma das instituições que se prepara para atender à demanda do Carnaval, disponibilizando valores de R$ 500 a R$ 3.500,00 para posterior pagamento parcelado (de 3 a 12 vezes).

Portanto, não ria ainda não – nem chore –, porque não falta solução no mercado financeiro para acudir os foliões que, em 2018, registraram uma alta de 13% de inadimplência no Brasil após os qutaro dias de Carnaval. Mas, claro, a solução também está disponível para pagamento de contas e quitacão de dívidas, caso você esteja pensando que neste Carnaval “não vai dar” praia nem avenida, porque vai chover.

Segundo estudo da Simplic (www.simplic.com.br), cerca de 50% dos brasileiros que solicitaram crédito durante o ano 2019 afirmaram usar o dinheiro para pagar contas ou quitar dívidas. “Um dos nossos diferenciais é a rapidez e a facilidade na aprovação. Nosso objetivo é possibilitar crédito para as pessoas que não conseguem aprovação em bancos tradicionais de um jeito inovador, além de dinheiro na conta em até 24 horas”, declara Rogério Cardozo, CEO da Simplic.

Fonte: Mariah Freitas – Agência NoAr | (GC)

 

Follow About Magazine on WordPress.com

Donation

Media support

For the good journalism

R$5,00

Sobre gcentenaro (695 artigos)
About Magazine's Publisher
%d blogueiros gostam disto: