Investimentos em novas atrações, talentos e estrutura geram resultados positivos e consolidam a vice-liderança da Record

Em 2019, a Record TV atingiu quase 190 milhões de telespectadores em todo o País, número que embute 283 mil a mais que a terceira colocada; registrou 6,6 pontos de audiência média no horário comercialmente mais importante para os anunciantes, das 19:00 à meia-noite, contra 6,4 da terceira colocada; e consolidou, pelo terceiro ano consecutivo, a vice-liderança no Painel Nacional de Televisão (PNT).

Somadas as praças do PNT, a Record TV ficou 485.307 minutos na liderança em 2019* pelo Brasil. No Rio de Janeiro, festejou um aumento de 293% em relação aos minutos de liderança do ano passado. Em Brasília, o crescimento foi de 135%.

Para chegar a esse resultado, em 2019 a Record TV estreou 15 programas, cobriu os Jogos Pan-americanos de Lima e fez grandes coberturas jornalísticas por horas com informações e imagens exclusivas, como a tragédia de Brumadinho, a qual mobilizou centenas de profissionais.

O Jornalismo Record recebeu 10 prêmios, entre eles, o Rei da Espanha, considerado o maior prêmio de jornalismo nas línguas espanhola e portuguesa. Diariamente, a Record TV entra no ar com 15 horas de programação ao vivo, 13 delas dedicadas ao jornalismo. A emissora é a segunda maior produtora de conteúdo próprio do Brasil com 129 horas semanais. Nas suas produções de teledramaturgia, por exemplo, cerca de 300 atores e atrizes participaram de quatro novelas durante 2019.

Atualmente, a rede Record é composta de 108 emissoras, as quais cobrem 97% do território nacional, mais cinco emissoras com sede, estrutura e programação próprias em territórios estrangeiros: Record TV Américas (Estados Unidos), Record TV Israel, Record TV África, Record TV Japão e Record TV Europa. Esta última alcança em diversos horários a liderança entre os canais a cabo no continente.

Nas plataformas digitais, a emissora tem cerca de 142 milhões de seguidores em todas suas redes e contas.

Os canais de atendimento ao telespectador registraram, em 2019, 25 mil diferentes contatos, dentre os quais 340 foram transformados em conteúdo para programas exibidos.

A empresa também investiu em melhorias e modernização de sua sede em São Paulo, ao longo do exercício de 2019, reformando e construindo novos ambientes para alguns setores. Obras aconteceram ainda na emissora do Rio de Janeiro em paralelo à inauguração da Record TV Manaus, com sede e estúdios próprios.

Na capital paulista, um moderno centro de digitalização, o Mam, armazena 750 terabytes de trabalho em documentos e imagens.

 *Até 11 de dezembro de 2019. Fonte: Kantar Ibope Media | Media Workstation | Regiões Metropolitanas – IA% domiciliar (07h/24h) e COV% (06h/06h) individual por pelo menos 1 minuto projetado no Atlas de Cobertura da Record TV: 194.820.383 telesp. potenciais. Minutos na liderança (isolado e empatado) por praça de 2019 até 10/12.

Fonte: Gilson Silveira – Gerência de Comunicação | (GC)

Sobre gcentenaro (539 artigos)
About Magazine's Publisher
%d blogueiros gostam disto: