Afya encerra trimestre com o dobro de alunos em graduação de Medicina

A Afya Educacional, maior grupo de educação médica continuada do País, considerando o número de vagas de graduação de Medicina autorizadas pelo Ministério da Educação (1.684 vagas), encerrou o 3º trimestre de 2019 com um forte crescimento na base de alunos. Só de Medicina o número saltou de 3.008 alunos no 3º trimestre de 2018 para 6.388 no 3º trimestre de 2019, representando um crescimento de 112,4%. Em relaçao à base final do 1º semestre deste ano, a expansão foi de 15,1%. Entre os outros cursos do segmento de saúde, a Afya passou de 2.250 alunos matriculados no 3º trimestre de 2018 para 6.494 no 3º trimestre de 2019. Além disso, o grupo ainda tem 6.786 alunos em cursos preparatórios para provas de residência médica e educação continuada e outros 4.871 em especializações médicas.

O crescimento sustentável da Afya Educacional (www.afya.com.br) está retratado também nos números: EBITDA Pro Forma ajustado de R$ 80,8 milhões (crescimento de 147%); lucro líquido Pro Forma ajustado de R$ 72,3 milhões (crescimento de 154,7%) e receita líquida Pro Forma ajustada de R$ 206,7 milhões (crescimento de 123,7%). Já a margem EBITDA ajustada no trimestre expandiu 370 pontos base (bps), passando de 35,4% em 2018 para 39,1% em 2019.

Para o CEO da Afya Educacional, Virgílio Gibbon, os números do 3º trimestre confirmam os compromissos assumidos pela empresa em 2 de setembro, quando a Afya publicou um Guidance (projeções financeiras): chegar ao final do 2º semestre de 2019 com receita líquida Pro Forma ajustada entre R$ 415 e 430 milhões e margem EBITDA Pro Forma ajustada entre 38 e 40%.

“Temos feito avanços signficativos na nossa estratégia e operação, com destaque para a integração das aquisições recentes, que se tornam cada vez mais sinérgicas e rentáveis. O crescimento, seja de forma orgânica ou por meio da compra de instituições de Medicina, segue como uma frente altamente relevante. Nosso objetivo é conquistar mil novas vagas de Medicina em dois a três anos. Com a aquisição, em novembro, da UniRedentor, com 112 vagas autorizadas e que marcou nossa entrada na graduação de Medicina no estado do Rio de Janeiro, bem como do IPEC, em Marabá, com 120 vagas de Medicina”, declara Gibbon.

A história da Afya teve início há 20 anos, com a primeira faculdade de Medicina no Tocantins. A missão evoluiu muito desde então e hoje o grupo se apresenta como a principal referência em educação médica, capacitando os alunos para transformarem seus sonhos em experiências extraordinárias de aprendizagem em todas as fases de suas carreiras.

Primeira empresa de educação médica do mundo a abrir capital na Nasdaq, a Afya escolheu a bolsa americana pelo alinhamento daquele mercado e das outras empresas lá listadas com o trinômio educação & saúde & tecnologia. Ao apostar em uma proposta metodológica inovadora, com currículo integrado, aprendizado adaptativo e metodologias ativas, a Afya criou a 1ª. webserie de ensino e entretenimento em medicina do mundo. São 12 episódios que abordam o diagnóstico de 49 doenças, ao mesmo tempo em que confrontam os estudantes com diferentes desafios comportamentais. A 2ª. temporada da série já está a caminho, com 12 episódios inéditos.

Em 2019, a Afya venceu sete editais do Programa Mais Médicos, do governo federal, para a abertura de faculdades de Medicina. Foi a instituição de ensino mais vitoriosa neste processo. Em cada município, todos nas Regiões Norte e Nordeste do país (Acre, Amazonas, Pará e Maranhão), a Afya tem autorização para oferecer 50 vagas anuais de Medicina.

“Nessas duas décadas, já formamos mais de 100 mil médicos, capacitando-os a prestar serviços de saúde, fixando-os em suas regiões de origem e garantindo, com isso, atendimento médico em alguns dos municípios mais remotos do país. Marcas como os mais 180 mil atendimentos gratuitos por mês nos orgulham demais’, diz Virgilio. “A formação de um grande grupo de ensino permite ainda mais investimentos em tecnologia, infraestrutura e metodologias educacionais. Isso reforça o nosso compromisso em inovar e oferecer o máximo de qualidade aos nossos públicos”, completa o CEO da Afya.

A Afya é o maior grupo de faculdades de Medicina do Brasil em número de vagas (1.684) autorizadas pelo Ministério da Educação (MEC). A empresa nasceu em 2019 da incorporação de outras marcas do segmento de educação médica com o objetivo de ser a grande parceira destes profissionais em toda a sua jornada de formação. A primeira faculdade de medicina do grupo começou a operar há 20 anos, em 1999, no Tocantins, no Norte do país.

Por meio de suas unidades de ensino, a Afya atua desde a graduação – são 30 cursos, com destaque para a Medicina –, passando pelos cursos para provas de residência e outros títulos até especializações médicas.

O grupo aposta em uma abordagem metodológica inovadora, que combina conteúdo integrado, aprendizado interativo e uma experiência adaptativa para alunos de Medicina ao longo de sua formação profissional. Por meio de uma plataforma digital, a Afya oferece aos seus alunos acesso a materiais didáticos, incluindo tutoriais em vídeo, podcasts, materiais de leitura e questões práticas.

Fonte: Ariane Delgado – In Press Porter Novelli | (GC)

 

Sobre gcentenaro (517 artigos)
About Magazine's Publisher
%d blogueiros gostam disto: