Incentivo ao colaborador pode ser a chave de sucesso das empresas | By Rodolfo Carvalho

Segundo estudo feito pela Associação de Marketing Promocional (Ampro), mais de 68% das empresas brasileiras já utilizam ferramentas de incentivo de forma estratégica para retenção de talentos. Esse dado reforça ainda mais que a motivação interna é um dos pontos mais importantes para o crescimento empresarial. Quando os empreendedores e gestores proporcionam aos colaboradores estímulos diferenciados na carreira, consequentemente eles se sentem realizados e parte do time, corroborando com o aumento da produtividade.

Por outro lado, ambientes de trabalho dominados pela pressão na excelência dos resultados, provoca medo ou insatisfação dentro da organização.

Em diversas situações, algumas empresas acabam fazendo mal-uso dos investimentos que poderiam ser úteis para ações motivacionais, dinâmicas comportamentais, entre outros, criando gargalos que impossibilitam o objetivo dos gestores de aproximar funcionários e empresa.

Uma pesquisa realizada pela Right Management, especialista global em carreiras, com mais de 30 mil pessoas – sendo 10 mil brasileiras – aponta que profissionais motivados são 50% mais produtivos. O tratamento do colaborador e a valorização oferecida é o que mais inspira e empenha o esforço de cada profissional pela empresa, independente da área de atuação.

Com objetivo de melhorar cada vez mais o índice de satisfação dos trabalhadores, o marketing de incentivo surgiu para encorajar que todos realizem suas funções e estejam engajados com o propósito do negócio, criando um ambiente mais saudável, dinâmico e eficiente.

Ao contrário do que muitos pensam, a realização profissional é algo intransferível e cada um tem seus planos e desejos, sendo assim, pensar em uma ação que possibilite diferentes recompensas é o melhor caminho. Nestes casos, é imprescindível que a liderança e gerência estejam próximos de suas equipes e tenham um olhar mais analítico para entender e conhecer todas suas características.

Um ponto que acredito que seja essencial esclarecer, é que a grande maioria das pessoas acredita que o programa de incentivo está relacionado somente ao dinheiro, mas a ideia tem sido cada vez mais focada em aproximar de forma emocional cada colaborador, proporcionando diferentes experiências.

Um outro levantamento realizado pela Associação de Marketing Promocional (Ampro) mostra que hoje em dia pelo menos 96% das empresas consideram importante a premiação dos funcionários e 87% associam a felicidade às premiações ofertadas. Esses dados reforçam que os gestores já enxergam as campanhas de incentivo como estratégias não só de curto prazo.

Por fim, costumo sempre dizer que a motivação anda ao lado do anseio na conquista de algo, portanto é preciso muita persistência para alcançar os objetivos da empresa e do funcionário. E aí, me diz o que você tem feito para se sentir satisfeito?!

Rodolfo Carvalho é CEO da Incentivar.io, primeiro software de incentivo do Brasil.

Sobre gcentenaro (517 artigos)
About Magazine's Publisher
%d blogueiros gostam disto: