Nielsen amplia serviços de mensuração de publicidade no YouTube

A Nielsen, empresa global de tecnologia e pesquisa de mercado, acaba de anunciar a ampliação de seu portfolio no segmento de Digital Mídia no Brasil com a medição de publicidade no aplicativo para dispositivos móveis do YouTube (in-app) por meio do Nielsen Digital Ad Ratings (DAR). O serviço, que atualmente já mensura a entrega de criativos em browser, terá sua cobertura expandida e fornecerá aos profissionais de marketing uma avaliação completa e independente de publicidade.

A medição de classificações de anúncios digitais do aplicativo para dispositivos móveis do YouTube foi disponibilizada nos Estados Unidos em junho de 2017; no Canadá e Japão, em outubro de 2017; no Reino Unido, na França e na Alemanha, em janeiro de 2018; e na Austrália e Itália, em 1º de setembro de 2018. A partir de 1º de junho, 26 países, incluindo o Brasil, também passaram a oferecer essa solução ao mercado.

Com este lançamento, os clientes da Nielsen Digital Ad Ratings terão acesso a dados demográficos de idade e gênero também para os consumidores que visualizarem publicidade no aplicativo para dispositivos móveis do YouTube, bem como visualizar outras métricas como alcance, frequência e pontos de classificação bruta (GRPs – gross rating point).

A mensuração de anúncios da plataforma seguirá a metodologia Nielsen, já utilizada para verificar  a abrangência em outras plataformas de mídia digital, permitindo que compradores e vendedores de mídia aproveitem medições realmente comparáveis e deduplicadas de pessoas em seu planejamento e execução de mídia. Além disso, com DAR, todos os agentes do ecossistema de mídia poderão obter uma compreensão mais profunda de seu público-alvo no digital, usando métricas comparáveis àquelas usadas para a TV.

“Conforme mais pessoas assistem a vídeos em plataformas e dispositivos digitais, a ampla medição do YouTube – por meio de DAR – é essencial para fornecer uma visão completa do consumo de mídia, especialmente porque este canal é responsável por grande parte da publicidade em vídeo no Brasil”, segundo Sabrina Balhes, líder de Digital Mídia da Nielsen. “É um grande passo para Nielsen, pois preenche uma lacuna nas mensurações anteriores que incluíam apenas desktop e a web para dispositivos móveis. Essa nova frente ajudará as agências do Brasil a planejar e avaliar melhor o vídeo no ambiente digital, e proporcionará aos anunciantes uma melhor visibilidade do público que estão alcançando”, conclui Balhes.

Anúncios