A importância da leitura na visão de pais e professores de boa vontade

A última pesquisa feita pelo Ibope, em parceria com o instituto Pró-Livro, aponta que 67% dos leitores brasileiros têm idade entre 18 e 24 anos. O estudo também atesta que o público que mais lê por prazer, sem ter alguma obrigação escolar ou profissional, é o de adolescentes compreendidos na faixa entre 11 e 13 anos. Apesar desses dados promissores, o índice de leitura no Brasil é baixo. Em média, o brasileiro lê apenas dois livros por ano. Incentivar, portanto, o hábito da leitura desde cedo é fundamental, uma missão que pode ser muito bem realizada por familiares e escolas de boa vontade. Eis porque o Colégio Anglo 21 realiza, em 23 de maio próximo, às 19:00, a Escola de Educadores, cujo tema é “Leitura e literatura da vida cotidiana e escolar”.

O evento gratuito, que acontecerá na sede do colégio, na zona sul de São Paulo, receberá a especialista Denise Guilherme, mestre em Educação, formadora de professores e consultora na área de projetos de leitura. Atualmente, ela é também professora do curso de pós-graduação “Livros e Jovens: teoria mediação e crítica”, no Instituto Vera Cruz, em São Paulo, e idealizadora do projeto A Taba, integralmente dedicado à divulgação de literatura com alta qualidade.

A palestra terá foco na relação saudável entre adultos e crianças pautada por meio da leitura. A ideia é refletir junto com os responsáveis sobre a importância da experiência de leitura de diferentes histórias, com diversas personagens, temáticas e narrativas no desenvolvimento dos estudantes ao longo do seu processo de construção de conhecimento.

A Escola de Educadores surgiu com a proposta de criar um espaço de informação, formação e reflexão conjunta entre todos os envolvidos na comunidade escolar. Segundo Lilian Ceile Marciano, vice-diretora do Colégio Anglo 21, é importante enfatizar as práticas de leituras que são do âmbito escolar e as que estão presentes na rotina familiares.

“As duas modalidades de leitura assumem características diversas e ao mesmo tempo se complementam e retroalimentam. Nesse encontro pretendemos que a comunidade de pais e educadores possam ampliar a reflexão sobre a leitura a partir dessa perspectiva”, afirma Lilian Ceile Marciano.

Reunir pais e educadores para essa formação faz parte da aproximação da escola com as famílias para melhorar a aprendizagem dos estudantes. “Pais e educadores compartilham a formação e a educação das crianças, quanto mais em sintonia estiverem, maior amplitude terá o trabalho escolar. Esse também é um espaço para ouvir as famílias, suas opiniões e preocupações, assim como momento de compartilhar com a comunidade a nossa forma de pensar e desenvolver o trabalho escolar”, conclui a gestora escolar.

A palestra é gratuita e aberta ao público. Para participar basta se inscrever até o dia 22 de maio pelo site www.colegioanglo21.com.br ou pela página da escola no Facebook.

O Colégio Anglo 21, primeiro colégio do Grupo Anglo pertencente à SOMOS Educação, fica na Rua Comendador Elias Zarzur, 301, no Alto da Boa Vista, próximo à estação Adolfo Pinheiro da linha Lilás do metrô, na capital paulista

Fonte: Juliana Miranda, Nathalia Di Oliveira e Julia Di Spagna – Mira Comunicação | (GC)

Anúncios

Um comentário sobre “A importância da leitura na visão de pais e professores de boa vontade

  1. Pingback: Pais e professores discutem sobre a importância da leitura no processo de aprendizagem - Anglo 21

Os comentários estão desativados.