Anúncios
News Ticker

Associação Brasileira de Vendas Diretas cria banco de dados para atrair revendedores 

A Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD) está criando um banco de dados para cadastrar consultores e revendedores do setor da venda direta. O objetivo é criar uma ponte entre os empreendedores independentes e as maiores empresas de venda direta do país.

Atualmente, são mais de 4,1 milhões de empreendedores independentes ativos no Brasil. As mulheres ainda são maioria no setor – 56,7% são mulheres e 43,3% são homens.

A ABEVD traçou um perfil dos profissionais de venda direta do país. Além de ter mulheres em sua maioria, esses empreendedores independentes têm entre 18 a 29 anos (48%), são casados (67%), possuem escolaridade média (53%) e se declaram como principais responsáveis do lar (21%).

Essa atividade flexível, de baixo risco e sem barreiras de entrada, atrai empreendedores (https://abevd.org.br/seja-um-empreendedor/) que buscam uma oportunidade para empreender e gerar renda, vendendo as mais diversas categorias de produtos, tais como: cosméticos, vestuários, acessórios, alimentos e utilidades domésticas. Atualmente, 85% dos vendedores diretos trabalham com até três categorias.

Números do setor

A venda direta é um modelo de negócio utilizado pelas grandes marcas e pelas pequenas empresas para vender seus produtos e serviços diretamente aos consumidores finais, sem a necessidade de um estabelecimento comercial fixo e eliminando, assim, uma cadeia de intermediários e de custos. Atividades da venda direta tornaram-se uma importante fonte complementar de renda e, em muitos casos, compõem a renda principal.

Último dado da ABEVD, aponta que o setor movimentou R$ 45,2 bilhões, e representa 8% do Produto Interno Bruto (PIB) da indústria de transformação.

Em termos mundiais, o volume de negócios gira em torno de R$ 602 bilhões (US$ 182,5 bilhões) por ano, com a participação de mais de 107 milhões de revendedores e revendedoras independentes.

2º Congresso Nacional de Vendas ABEVD

A Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas é uma entidade sem fins lucrativos, criada, em 1980, para promover e desenvolver as vendas diretas no Brasil, assim como representar e apoiar empresas que se utilizam desse canal de comercialização para distribuir seus produtos.

O setor de vendas diretas no país envolve empreendedores independentes, que atuam como revendedores e consultores de produtos de saúde, beleza, utilidades domésticas, vestuário, alimentos, joalheria, entre muitos outros.

Para discutir o cenário do setor, acontecerá em 7 de maio, no Villa Blue Tree, em São Paulo, organizado pela entidade, o 2º Congresso Nacional de Vendas  Diretas ABEVD, reunindo líderes mundiais do segmento, como os presidentes da Avon, Mary Kay, Natura, Herbalife mundial , entre outros, e executivos da área. Na ocasião, a ABEVD apresenta sua nova pesquisa com um censo do setor de vendas diretas em 2018.

Inscrições podem ser feitas pelo site https://congressonacional.abevd.org.br.

Fonte: Matsuda Press Agência de Comunicação | (GC)

Anúncios
Sobre gcentenaro (413 artigos)
About Magazine's Publisher
%d blogueiros gostam disto: