Anúncios
News Ticker

Prefeitura de São Paulo recebe apoio do Sescon-SP para novos projetos sociais

Alvo de elogios e críticas constantes, o prefeito de Sao Paulo, João Doria Jr, foi homenageado em almoço promovido pelo Sindicato das Empresas de Contabilidade e de Assessoramento no Estado de Sao Paulo (Sescon-SP) neste 3 de março, na sede da entidade, em São Paulo. Durante o encontro, que contou com a presença de lideranças empresariais de diversos setores, entre eles contabilidade, tecnologia, auditoria, indústria e comércio, o presidente do Sescon-SP, Marcio Massao Shimomoto, colocou a entidade à disposição da Prefeitura para projetos sociais, como a melhoria da situação nas creches de São Paulo. Segundo Doria, esta é uma grande deficiência identificada por sua gestão. “Acompanhamos a atuação do prefeito e estamos comprometidos em ajudar sem qualquer contrapartida. É parte do estatuto da entidade, que já promove programas de responsabilidade social”, declarou Shimomoto.

Com mais de 60 dias à frente da Prefeitura de São Paulo, Doria contou que trabalha em média 16 horas diariamente, incluindo expedientes aos sábados e domingos por conta de programas como o Cidade Linda. “Este já era meu ritmo de trabalho, a diferença é que agora estou na área pública. Não sou político, sou um gestor e aprendi que devemos cumprir o que prometemos. Se você não fizer, alguém vai fazer”. Doria garantiu que não é candidato a governador, nem a presidente. “Fui eleito pelo povo de São Paulo e a ele devo a obrigação de ser um bom prefeito”, alega.

Doria recebeu das mãos do presidente do Sescon-SP uma placa em sua homenagem pela dedicação e boa gestão: “É uma satisfação para a cidade ter um grande prefeito, de visão, com iniciativas positivas, visando a coletividade e privilegiando as minorias”, declarou Shimomoto.

Alencar Burti, presidente da Associação Comercial de Sao Paulo, elogiou a atuação de Doria dizendo que é um prefeito comprometido, que não transfere responsabilidades. Para o deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), é o momento de superar as dificuldades para recuperar a cidade. “Doria está sendo um exemplo, um operário da cidade.”

Participaram do encontro acompanhando o prefeito, Caio Megali, secretário Fazenda; Alexandre Schneider, secretário da Educação; e Fábio Santos, secretário da Comunicação. Também estiveram presentes a diretoria do Sescon-SP e a Aescon-SP, conselheiros, presidentes de outras entidades contábeis de São Paulo, representantes como o coordenador do NAT do SECOVI, Romeu Chap Chap e outras autoridades. Além de executivos das empresas: KPMG, Deloitte, PWC, EY, BDO, SCI Sistemas Contábeis, Grupo Sage, América Licenciamentos, Omiexperience, Totvs, Wolters Kluwer e Contmatic.

Fonte: Danielle Borges, da GT Marketing e Comunicação | (GC)

Anúncios
Sobre gcentenaro (322 artigos)
About Magazine's Publisher
%d blogueiros gostam disto: