Anúncios
News Ticker

Credibilidade da marca, preço e promoção são cruciais para o sucesso em vendas no universo digital

O marketing digital é uma das apostas das empresas para alavancar negócios, além de ser importante ferramenta de comunicação e vendas. Desse modo, conhecer o comportamento e interagir com os clientes de maneira eficiente e eficaz é essencial para fazer com que a empresa seja lembrada. Embarcando nessa tendência, a iProspect, agência de marketing digital full performance presente em 54 países, perguntou a 4.500 consumidores, de diversos  segmentos de mercado (tecnologia da informação, varejo, telecomunicações e financeiro) de oito Países (Brasil, EUA, Reino Unido, Alemanha, França, Itália, Holanda e Austrália), qual a percepção dos mesmos em relação à personalização de mensagens, canais mais apropriados para impactar os clientes, e como as marcas devem se comportar na tentativa de se aproximar dos consumidores.

Segundo a pesquisa, 73% dos consumidores ouvidos estão menos propensos a clicar em um anúncio de uma marca que não conhecem, sendo que pessoas entre 18 e 24 anos estão duas vezes mais predispostas, ou seja, preferem clicar em um anúncio personalizado de uma marca que já conhecem. Outro dado interessante é que, de acordo com os entrevistados, os três canais preferidos para receber campanhas personalizadas são: websites (38%), e-mail (38%) e facebook (30%). Em geral, a personalização é mais aceitável para os consumidores das categorias de lazer e lifestyle. Quando perguntados sobre quais categorias os consumidores gostariam de receber mais mensagens personalizadas, vestuário é destaque com 41%, seguido de alimentação (38%), viagem (37%), e saúde e beleza (26%).

Na sociedade brasileira, 39% dos respondentes estão menos propensos a clicar em um anúncio de uma marca que não conhecem, sendo que pessoas na faixa etária entre 35 e 44 anos estão 71% mais propensas a clicar em anúncios de marcas que conhecem.

O consumidor brasileiro também prefere receber campanhas de marketing personalizadas com informações a respeito de promoção de preços (33,6%), informações mais detalhadas sobre o produto (21,01%) e ofertas em tempo real (19,22%).

O e-mail é a forma de comunicação mais efetiva (22,33%), seguido por páginas de website (21,54%) e newsfeeds no Facebook (20,55%).  Não menos importante, o consumidor brasileiro, também, prefere receber campanhas personalizadas relacionadas a vestuário (20,36%), viagens (19,91%) e comida/compras de supermercado (18,11%).

Para Gustavo Macedo, content & creative director da iProspect, entender como os consumidores se relacionam com produtos, serviços, marcas e como eles fazem suas escolhas pode fazer toda a diferença para atingir os objetivos de negócio das empresas.

“Entender o que o consumidor precisa – seus verdadeiros desejos e necessidades – é fundamental para traçar uma estratégia eficiente de envio de campanhas personalizadas. Contudo, é preciso pensar em diferentes níveis de personalização, de acordo com a demografia, faixa etária, condições econômicas e estilo de vida de cada um”, afirma o executivo.

 A pesquisa revela um novo perfil de consumidor, muito mais exigente, antenado e consciente, que valoriza a diferenciação e espera que a empresa surpreenda.

“Os clientes almejam ser tratados como indivíduos únicos, independente do canal que estejam interagindo com a empresa e, a personalização é uma oportunidade enorme para as empresas conquistarem a confiança e a fidelidade do cliente”, conclui Macedo.

Confira, a seguir os principais insights para as empresas embarcarem na personalização.

Embarque na personalização

 Evite iniciar campanhas de personalização se sua marca tiver níveis baixos de brand awareness, pois 73% dos consumidores ouvidos na pesquisa estão menos propensos a clicar em um anúncio de uma marca que não conhecem. Pessoas entre 18 e 24 anos estão 2 vezes mais propensas a clicar em um anúncio personalizado de uma marca que já conhecem.

Conheça os interesses da sua audiência

Algumas categorias investem mais intensamente em mensagens personalizadas. Quando perguntados sobre quais categorias os consumidores gostariam de receber mais mensagens personalizadas, vestuário é destaque com 41%, seguido de alimentação (38%), viagem (37%), e saúde e beleza (26%).

Avalie o mix de canais

Os três canais preferidos pelo consumidor são: websites (38%), Facebook (30%) e e-mail (38%), de acordo com os entrevistados.

Conheça a demografia

Pense em diferentes níveis de personalização. O mesmo nível pode não ser apropriado para audiências diferentes.

 Realize testes

Teste diferentes tipos de mensagens, avaliando quais geram mais valor.

Mensagens mais valiosas

Preço e promoção lideram no ranking de mensagens personalizadas consideradas valiosas pelo consumidor, com 52%, seguido por maior detalhamento do produto (37%), ofertas de localização em tempo real (26%), recomendações similares (25%) e informações de compra (21%).

Sobre a iProspect Brasil

A iProspect Brasil é a agência de marketing digital full performance pioneira em seu segmento e com uma rede presente em 54 países. A proposta da agência é oferecer soluções completas de marketing digital que impactem, engajem e, sobretudo, gerem os melhores resultados para os clientes, refletidos em vendas, interatividade ou fortalecimento da marca. Isso é feito com um profundo conhecimento do perfil do público-alvo, sua jornada de compra e sempre com base em dados e no contínuo acompanhamento dos resultados, medidos a partir de ferramentas tecnológicas robustas, muitas delas proprietárias ou exclusivas. A iProspect pertence à Dentsu Aegis Network, terceira maior rede de comunicação do mundo, sendo a maior compradora de anúncios do Google e parceiro estratégico Alpha do Facebook. Com 20 anos de atividade, sendo 10 no Brasil, a agência emprega 3.000 colaboradores no mundo e 110 no Brasil. O amplo portfólio da iProspect abrange soluções que atingem todos os canais digitais, desde pesquisa e planejamento, gestão e operacionalização de mídia, links patrocinados, mídia gráfica, mídia programática, vídeo, social, afiliados, comparadores de preço, SEO, conteúdo, gestão de redes sociais, criação, até análise e otimização da usabilidade de canais (proprietários ou não).

Fonte: Diana Carvalho – De Freire Comunicação e Negócios | (GC)

Anúncios
Sobre gcentenaro (307 artigos)
About Magazine's Publisher
%d blogueiros gostam disto: