Anúncios
News Ticker

Falta comprometimento entre consumidores brasileiros e marcas

A Edelman Significa, agência global de comunicação integrada, lança o Earned Brand 2016. A partir de 13 mil entrevistas em 13 países – inclusive no Brasil –, o estudo revela a força da relação entre marcas e pessoas. Para isso, desenvolveu a métrica Edelman Brand Relationship Index, que mede esse vínculo da “indiferença” do consumidor ao “comprometimento”, passando pelo “interesse”, “envolvimento” e “dedicação”.

De acordo com os dados, o índice global é de 38 (0 – 100), enquanto a média no Brasil é de 43 – colocando os brasileiros entre “envolvidos” e “dedicados” às suas marcas favoritas. No país, os setores da economia que desfrutam de melhor relação com os consumidores são: mídias sociais, moda, automóveis e artigos de luxo.

Considerando que o índice de consumidores “comprometidos” – último estágio do Earned Brand Relationship Index – está acima de 70, cabe às marcas atingir esse nível, no qual os indivíduos preferem, compram, mantém-se leais, advogam a favor e defendem a empresa, produto ou serviço.

“Relacionamento é a palavra de ordem para as marcas; não basta ter um produto ou serviço de qualidade, pois os consumidores desejam um diálogo permanente e relevante junto às empresas que admiram. O resultado financeiro, em vez de ser perseguido como um objetivo final, deve ser vislumbrado como uma consequência de um laço forte com as pessoas”, explica Rodofo Araújo, Líder de Pesquisa e Conhecimento na Edelman Significa.

O estudo traz ainda insights para as empresas “chegarem lá”. “Amigos ou pessoas que considero similares a mim me influenciam mais do que publicidade, imprensa e até especialistas. Para fazer parte das conversas e ser relevante, as marcas precisam agir e, mais do que falar de si, precisam ter um propósito que interesse e engaje às pessoas a conversarem com ela e sobre ela”, sinaliza Daniela Schmitz, líder de Engajamento para Marketing na Edelman Significa.

A Edelman Brand Relationship Index é uma novidade entre os serviços oferecidos pela Edelman Significa capaz de avaliar a relação entre marcas específicas e seus públicos.

Confira alguns destaques do estudo no Brasil:

– 93% confiam em seu pares quando querem saber mais sobre marcas;

– 81% confiam em seus pares para tomar decisões de compra;

– 66% não comprarão se a marca não tiver compromisso social;

– 75% dizem que fazer o bem deveria ser parte do DNA da marca;

– 68% acham que as marcas podem fazer mais do que o governo para solucionar problemas sociais;

– a nota do Brasil no Relationship Index é 43 (0-100) – atrás apenas da Índia e da China –, colocando os consumidores brasileiros entre “envolvidos” e “dedicados” às marcas.

– o índice global é 38 e os estágios de relacionamento são: “indiferente”, “interessado”, “envolvido”, “dedicado”, “comprometido”;

– os setores que desfrutam de melhor relação com os consumidores são: mídias sociais, moda, automóveis e artigos de luxo;
– as empresas de mídias sociais possuem 21% de consumidores “comprometidos”;

– no outro extremo, estão as marcas de gestão de energia doméstica, com 8% de “comprometidos”.

Para acessar o estudo completo, clique aqui.

Fonte: Claudia Jordão
e Luisa Lima
– Edelman Significa | (GC)

Anúncios
Sobre gcentenaro (322 artigos)
About Magazine's Publisher
%d blogueiros gostam disto: