Anúncios
News Ticker

Battery promete energia contagiante com produção de conteúdo criativo

Para um mercado que muda a cada dia, novos modelos de negócio precisam ser pensados. É nessa reinvenção que os publicitários João Santos, Eduardo Almeida, Dudu Lopes e Daniel Lopes investem com determinação. Os quatro uniram-se para criar a Battery, focada em criação e produção de conteúdo.

A proposta tem formato próprio: “Não estamos levando criativos para dentro de uma produtora, nem produtores para uma agência. Queremos criar algo do zero e não somar talentos a uma estrutura pronta. Percebemos que, unindo forças e deixando fórmulas pra trás, é possível chegar a resultados diferentes no momento em que os clientes mais precisam de novas soluções”, argumenta Eduardo Almeida, responsável pela estratégia e criação, esta última ao lado de João Santos.

A turbulência, vivida com intensidade no setor, não foi motivo de apreensão. Pelo contrário. Serviu como combustível para que a ideia de lançar a Battery saísse do papel. Dudu Lopes, produtor executivo, salienta: “A Battery não vai precisar se adaptar ao momento econômico ou as novas formas de comunicação. Ela só nasceu porque estas questões estão aí e precisam de respostas. Montamos uma estrutura voltada para isso, com a inovação valorizando o processo criativo”.

A nova empresa se propõe a repensar os modelos de comunicação tradicionais, oferecendo soluções que nem sempre são aquelas que os sócios definem como lineares. “No processo criativo partimos de vários lugares, quase todos diferentes da linha tradicional. A parte de criação é importante pra gente, mas também estamos preparados para ir além dela”, completa João Santos, responsável pela criação, junto com Eduardo Almeida, e pelo desenvolvimento de projetos.

Ir além da criação significa investir também na produção, dando aos jobs características autorais. “A produção também é um diferencial da Battery. Podemos trabalhar sozinhos ou em parceria com produtoras e agências. Essa expertise nos permite, muitas vezes, cuidar do processo criativo de forma diferente, do início ao fim. Queremos somar nosso conhecimento às novas demandas do mercado”, explica Daniel Lopes, produtor musical.

Seguindo esse modelo, a Battery já está desenvolvendo projetos de conteúdo criativo, diretamente ou através de agências, para CBF, Supergasbras e GSK.

Os quatro sócios atuam no mercado publicitário. Eduardo Almeida, que recentemente estava na direção de criação da NBS, presidiu o Clube de Criação do Rio de Janeiro e tem passagens por agências como Grey, FCB e Quê. João Santos é graduado pelo New York Institute of Photography, foi diretor de criação associado da Giacommetti Rio e também atuou no Clube de Criação do Rio de Janeiro, como vice-presidente. Dudu Lopes e Daniel Lopes são sócios da Silence, produtora de áudio carioca que continua operando de forma independente.

Na foto de capa, estão, em pé, João Santos e Dudu Lopes; sentados, Daniel Lopes e Eduardo Almeida.

Fonte: Flávia Nakamura Assessoria de Imprensa | (GC)

Anúncios
Sobre gcentenaro (322 artigos)
About Magazine's Publisher
%d blogueiros gostam disto: